Seguramente a mão esquerda desconhece o que faz a direita

Publicado Junho 13, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

Ando à procura de um rato novo pois o meu Logitech Vxxx para notebooks está a tornar-se desconfortável na minha mão.

Como não sou um tipo faccioso, nada como dar um pulo à página da Microsoft para ver como param as modas no que toca a ratones.

A páginas tantas deparei-me com esta pérola:

Microsoft Notebook Mouse for Mac.jpg

Um rato desenhado especialmente para Mac mas que nas suas características gerais tem bem claro o facto de estar certificado para o Windows Vista. Ainda que a descrição diga sempre respeito ao facto de ser um rato para…Mac.

iPhone 3G: pré-registo na Vodafone

Publicado Junho 10, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

iPhone Pre Registo.jpg

Para os interessados, aqui fica o link para o pré-registo de compra do iPhone 3G na Vodafone.

Na Optimus o pré-registo também está disponível, pela módica quantia de 50 euros.

Preços do iPhone 3G no Reino Unido

Publicado Junho 10, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

Pay Monthly - iPhone - O2.jpg

O modelo de 16GB no segundo pacote (159 libras + 35 por mês) está bastante…apetitoso.

Como habitualmente gasto cerca de 30 libras por mês de telefone (contrato base de 15 libras c/ 200 minutos e 200 sms + 3 libras para ter chamadas baratas para o estrangeiro), não seria uma mudança que me levasse à bancarrota.

Depois do Verão e da loucura que vão ser os primeiros dias de lançamento, logo vejo.

Lá irei eu dia 11 de Julho para a porta da O2 em Victoria Street, Nottingham, fazer a cobertura, desta vez (espera-se que) com fotos.

Vodafone: iPhone em Portugal tanto com contrato como em pré-pago

Publicado Junho 10, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

Segundo este comunicado da Vodafone:

Australia, Italy, New Zealand and Portugal will be the first Vodafone markets to offer customers iPhone 3G for purchase on July 11. iPhone 3G will be available via Vodafone on both prepay and contract price plans which will include great value data bundles.

Está resolvida uma das dúvidas de ontem. Não obstante, olhando para a forma como está redigido o parágrafo, encontra-se um previsível ênfase da Vodafone no grande valor que será dado ao nível da comunicação de dados nos contratos.

Ou seja, se lermos isto ao contrário, quem optar pelo pré-pago que se prepare para não ter bons preços no tarifário de dados.

Apple anuncia Snow Leopard

Publicado Junho 10, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

Apple - Mac OS X Leopard - Snow Leopard.jpg

A Apple divulgou ontem, não na keynote de Steve Jobs, mas posteriormente aquele que será o sucessor do actual Leopard.

O Snow Leopard estará disponível daqui por um ano – sensivelmente – e tem o objectivo não de adicionar features mas sim de introduzir uma nova geração de core technologies que diminua o peso do actual Leopard e torne o sistema operativo mais eficiente. Um dos objectivos é tirar o máximo de partido de um maior número de cores do processador que actualmente, através de um conjunto de tecnologias denominado de “Grand Central”.

Atendendo ao press release a única novidade que, secalhar, merecia o nome de nova feature é o suporte nativo para Microsoft Exchange, algo fundamental para permitir a penetração no mercado empresarial.

Fica também confirmado o rumor da abertura da Apple à utilização genérica dos GPUs, com a inclusão do OpenCL (Open Compute Library) no Snow Leopard, de forma a aproveitar todo o poder de computação existente nos computadores.

O press release é parco em novidades específicas, como seria de esperar em relação ao anúncio de um software a disponibilizar daqui por um ano.

Em linha, portanto, daquilo que se esperava e que os meus passarinhos me indicaram (told you so…).

Fica, no entanto, sem explicação se o Snow Leopard virá com suporte ainda para PowerPC, se será comercializado como 10.6 e quanto custará (os habituais 129 dólares ou menos).

PS: Se o vão lançar daqui a um ano, mais valia chamarem-lhe Spring Leopard ou – caso se atrase – Summer Leopard.

Já acertavam nas traduções da AppleStore, não?

Publicado Junho 9, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

Se aquando do lançamento da AppleStore portuguesa se compreendia que alguns erros de tradução escapassem no controlo, argoladas destas seis meses depois já é um pouco demais:

Apple Store (Portugal) - iPhone 3G.jpg

/irony mode on É que nem todos entendemos francês em Portugal…

Iphone 3G em 22 países já dia 11 de Julho

Publicado Junho 9, 2008 por Pedro
Categorias: Uncategorized

Apple - iPhone.jpg

Como todos esperávamos, Steve Jobs aproveitou a WWDC para lançar a mui aguarda versão 3G do iPhone, disponível em 22 países no próximo dia 11 de Julho.

Por essa web fora é fácil encontrar as primeiras impressões à nova galinha dos ovos de ouro da Apple, portanto não irei aqui debitar esses soundbytes (ainda assim, é bonito e as melhorias ao nível de software ficam-lhe a matar).

No entanto, alguns factos importantes ficam por explicar por detrás da barragem de boas notícias do dia no que toca ao iPhone.

Jobs reconheceu que para atingir os objectivos de vendas, o iPhone teria de estar à venda oficialmente em muitos outros países, justificando assim o elevado número de anúncios de acordos com operadoras publicitados nas últimas semanas.

Foi também reconhecido por Jobs que o preço actual não era o mais apropriado, pelo que o modelo de 8GB custará 199 dólares e o de 16GB 299 dólares. Pessoalmente, não me espantaria de ver uma versão de 32GB nos próximos meses por 399 dólares ou similar.

No entanto, ficamos sem saber se o preço de 199 dólares obriga a contrato de fidelização, como agora acontece, ou se as operadoras poderão vender o iPhone sem o dito. Na ausência de comentário, inclino-me para a primeira opção. EDIT: Se repararem bem no asterisco que está a seguir a Half the price, o mesmo remete para:

Apple - iPhone-1.jpg

Está tudo dito. Ou melhor, escrito. Pelo menos nos EUA, continua a ser obrigatório o contrato de fidelização com a AT&T. Em consequência, fica por saber se o preço tão apetecível vai ser similar nos restantes mercados…

Não há, tãopouco, informação oficial sobre se as operadoras escolhidas poderão subsidiar o preço de venda do iPhone. Novamente, não tendo sido tal facto mencionado na keynote – e tratando-se de uma alteração enorme no actual modelo de negócio do telemóvel – não acredito que venha acontecer para já.

Interrogo-me se muitos dos 70 países que irão ter “em breve” o iPhone oficialmente à venda irão contribuir significativamente para as vendas do aparelho.

Falo de países como Botswana, Camaões, República Centro Africana, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Guiné Equatorial, Costa do Marfim, Quénia, Madagascar, Mali, Ilhas Maurícias, Nicaragua ou Senegal. (Não fui à procura de estatísticas do Banco Mundial sobre pobreza, mas não devo ter falhado por muito nesta lista)

Pergunto-me se estaria confortável a andar na rua de um desses países a tagarelar alegremente com um iPhone na mão. Já em Nottingam me parece pouco recomendável, quanto mais em Malabo fora da zona verde.

Por fim, tantos países pequenos dentro e a China de fora, estranheza puntilhada com as enigmáticas inclusões das zonas especiais chinesas que são Hong Kong e Macau.

Portanto, quanto ao iPhone, tenho pois que muitas perguntas importantes ficaram sem resposta durante a keynote de hoje.