Wrap rage!

Se há coisa que me põe doente e faz até com que não compre um determinado produto é o imbecil invólucro integral de plástico conhecido como “oyster” ou “clamshell” que protege o produto tão bem ou melhor que o cinto de castidade o fazia quanto à virgindade de uma qualquer donzela da Idade Média.

Felizmente nunca me cortei à séria ou lacerei tendões, o que me coloca na menos negativa categoria de quem padece de wrap rage sem nunca ter sofrido dor física. O mesmo não o poderão dizer os produtos que comprei e tive problemas em abrir. Um par deles – resistentes, acrescente-se – voaram em direcção à parede. Atestando a qualidade de construção – do invólucro, não do produto em si – não ganhei muito com isso.

Aliás, estou seguro que mais depressa rebentaria o produto comprado que propriamente o invólucro. Não deveria ser ao contrário? Afinal compro o bem ou o invólucro (evitar piadas sobre as caixas de Macs, ok)?

Aparentemente este problema não é só meu mas é generalizado. Daí que a c|net tenha colocado online uma galeria de fotos (com comentários) com modelos diabólicos de invólucros de plástico selados, mas também de novos materiais e ideias desenvolvidos para ultrapassar o problema. Haja esperança.

DIE OYSTER PACK, DIE!

PS: Sou cada vez mais fã destas galerias de fotos da c|net.

Explore posts in the same categories: Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: