Arquivo de Novembro 2007

Videowall baseado em Windows a implorar por um AppleUpdate!

Novembro 16, 2007

Tirei estas fotos há uns dias no centro de Nottingham, na parede exterior de um centro comercial onde há um <em>videowall</em> (à falta de melhor expressão para identificar a coisa):

nottingham-videowall-apple-update.jpg

nottingham-video-wall-apple-update-2.jpg

Divirtam-se.

Anúncios

Apple Store Portuguesa: Up and running

Novembro 15, 2007

O rumor confirmou-se. Já está online a nova Apple Store Portuguesa.

Apple Store - Portugal - Welcome to Apple Store.jpg

(sic, o acento está mesmo ao contrário e há diversas falhas de tradução espalhadas pelo site)

Portanto podemos cantar e dançar e agradecer aos deuses esta boa nova.

Confirma-se também o que há meses andava a dizer: a Apple já não olhava com os mesmos olhos para Portugal.

Passando à parte negativa, vejam o que está descrito na parte das garantias:

10. Limites da garantia a um (1) ano

10.1 Todos os Produtos novos de Hardware beneficiam de uma garantia limitada a um ano em caso de existência de defeitos de fabrico e concepção. Os termos e condições da garantia, os quais formam parte integrante deste Contrato, encontram-se disponíveis no link abaixo. Os termos e condições constam igualmente da caixa do Hardware da Apple. O Cliente pode obter uma cópia da garantia limitada dos produtos de Hardware da Apple, incluindo os seus limites e exclusões, antes de efectuar a compra, acedendo ao link abaixo. A garantia limitada engloba apenas os produtos de Harware da Apple (conforme definidos abaixo), não incluindo o Software, Serviços ou outros Produtos. O Cliente deverá consultar as licenças de Software para determinação das garantias aplicáveis ao Software.

I told u so.

Sobre o rumor do novo site da Apple em Portugal

Novembro 14, 2007

Desde que ouvi (ou melhor, li) em primeira mão na TZ o rumor de que Portugal iria ter um site oficial da Apple em Portugal no prazo de duas semanas, que fiquei na dúvida se o deveria citar aqui ou não. Entretanto, as correias de transmissão e os sinais de fumo já fizeram passar a mensagem por essa web fora.

Como regra fundamental, desde que criei o SpB, apenas me atravesso pelas minhas fontes. Quanto a este assunto em concreto não tinha nenhuma informação própria que apontasse nesse sentido. Ou melhor, informações de que iríamos ter um site oficial mais cedo ou mais tarde, já as tinha faz tempo.

Primeiro aquando de uma conversa que eu tive com o suporte técnico da Apple em 2006 (onde um representante de segunda linha me disse estarem a preparar-se novidades para 2008) e depois, por contactos que tive com passarinhos bem informados. Como em nenhum momento me referenciaram que os planos eram já para o final de 2007, quando vi o novo rumor, fiquei na dúvida.

Esperemos que se confirme o lançamento do tal site a breve trecho.

Ficam, no entanto, algumas dúvidas:

1. Porquê agora, +- 5 semanas antes de acabar o ano? (O Natal é uma explicação lógica, mas estranho uma mudança tão profunda ocorrer sem estar sincronizada com o final do ano civil, especialmente havendo contratos de distribuição em vigor)

2. O que é que acontece à Interlog?

3. Como fica a qualidade do serviço técnico pós-venda? (Haverá uma melhoria?)

4. Haverá alterações quanto à duração da garantia? (Dois anos vs um ano, como é apanágio da Apple em países como UK, Espanha, França ou Itália)

UPDATE: A fonte original da notícia, isto é, o utilizador Gansolfm da Techzone diz que recebeu mais uma chamada do call center na Irlanda a dizer que o novo site estará online amanhã ou depois de amanhã. Bom, tirem vocês as vossas conclusões.

Bento: A nova base de dados da Filemaker apenas para Mac

Novembro 13, 2007

Meet Bento — Learn More.jpg

O nome parece de brincadeira (especialmente depois da ensaboadela que o meu Sporting levou este fim-de-semana), mas não é. A nova base de dados da Filemaker chama-se mesmo Bento estando disponível em versão preview para o Leopard. Quem utiliza o Tiger está sem sorte e não a poderá experimentar nem agora, nem depois.

Database Solutions, Database Software Solutions - FileMaker.jpg

É objectivo da Filemaker fazer com que o Bento (ou será a [aplicação] Bento) seja uma base de dados pessoal tão fácil de utilizar como um Mac, permitindo organizar facilmente num mesmo programa pedaços de informação tão diversos como contactos e calendários, projectos e eventos ou qualquer outro tipo de dados.

Os screenshots mostram uma aplicação polida e agradável à vista. Pode ser que venha a ser interessante e que obrigue a Devon Technologies a apressar a actualização que o layout do DevonThink tanto precisa.

De momento, em relação ao Bento ficam por saber informações importantes como o para quando e, já agora, o para quanto.

Via Gruber.

EDIT: Primeiras impressões do Bento no AppleInsider e no MacNN.

Leopard funciona em Macs com processadores inferiores a (G4) 867Mhz

Novembro 10, 2007

De acordo com a Apple, o processador mínimo para correr o Leopard é um G4 867Mhz. Ou seja, abaixo desta velocidade o Leopard deveria recusar a instalar-se, não sendo feita qualquer distinção quanto a modelos com um ou dois processadores.

No entanto, pelo menos um corajoso conseguiu instalar o Leopard num Powermac G4 533Mhz, com a particularidade de se tratar de um modelo com dois processadores (outro corajoso não conseguiu). O computador em concreto tinha originalmente apenas um processador, tendo-lhe sido feito um upgrade posteriormente com um módulo biprocessador da própria Apple.

Para tal teve de criar um DVD de instalação próprio e fazer upgrade à instalação existente do Tiger.

Ficamos sem saber se será possível instalar o Leopard em computadores com módulos de processador de empresas terceiras como a Daystar Technologies (que é o que tenho no meu G4 Yikes) ou em sistemas com apenas um processador original de velocidade inferior aos mencionados 867Mhz.

iPhone: Rescaldo do lançamento em Nottingham

Novembro 9, 2007

O2.jpg

Conforme prometido, estive esta tarde a assistir ao lançamento do iPhone em Nottingham, na loja da operadora O2 em Clarence Street e na da Carphone Warehouse no Victoria Centre (a 50mts da primeira).

Apesar do frio e do facto de Nottingham não ser propriamente uma das cidades mais ricas de Inglaterra, havia uma fila considerável de pessoas à espera na loja da O2. Cerca de 30 corajosos estiveram ao frio e à chuva numa típica tarde britânica. Num primeiro momento – cerca das 17.30 – havia quase tantos funcionários (ou dizendo de uma maneira politicamente correcta, colaboradores) da O2 como entusiastas.

A espera foi amenizada pelas simpáticas hospedeiras da O2 que iam distribuindo água e muffins, ao mesmo tempo que carimbavam as mãos das pessoas assim a modos como quem marca o gado. Comi dois dos muffins, os quais continuam a dar-me a volta ao estômago.

Nessa agradável espera aproveitei para tirar algumas dúvidas. Preço, 269 libras. Quantos posso comprar? 2. E pagar em dinheiro, não, só com cartão de crédito ou de débito. Ou seja, aqui no Reino Unido vigora idêntica política quanto à limitação de unidades e de métodos de pagamento. Segunda-Feira logo inquiro na universidade sobre a eventual legalidade da não aceitação do dinheiro.

Eram 17.58 segundo o meu relógio – sincronizado com o relógio da empresa de autocarros – quando a loja da O2 reabriu as suas portas. Furado o bloqueio por uma (quase) mão cheia de minutos, os primeiros compradores foram saindo logo de saída. Sem sacos espalhafatosos, Hi5’s, palmas ou declarações. Um até escondeu o saco dentro do casaco assim que saiu. Os que tentei abordar não reagiram muito bem. Enfim, não estávamos em Regent Street e os nativos da região não são propriamente, hmmm, amigáveis.

Terminada a acção do lado da O2, atravessei a rua e fui até à Carphone Warehouse. Com menos gente, mas ainda assim bem composta. Lá consegui deitar mão a um dos iPhone e brincar uns cinco minutos. Tinha medo que fosse mais pesado e menos intuitivo. Do pouco que pude experimentar, fiquei bem impressionado. Rápido e funcional. Mas também, há que ser franco, o meu standard de telemóveis são os Nokia 6210. Tudo o que vem depois, ou é demasiado complicado ou tem funções a mais. Como piada, ainda deixei o Safari a apontar aqui para o SpB.

Além do menor número de pessoas, a grande diferença que notei entre uma loja e outra foi que na O2 os clientes eram aviados mais rapidamente. Bem mais rapidamente, bastavam 5 minutos para entrar e sair. Não sei a que se deverá a lentidão do lado da Carphone Warehouse.

Quanto a fotos, há várias, mais c’est dommage (ou em francês do Quebeque, tabernacle!), o cabo USB da minha máquina ficou em Lisboa e a loja de electrónica do Victoria Centre não o tinha em stock. Lei de Murphy no seu melhor.

Ficam as fotos da efeméride prometidas para amanhã ou, o mais tardar, Segunda-Feira. Entretanto, deixo aqui a review do iPhone feita pela BBC. Recomendo o video iPhone vs Nokia N95. Reparem bem no modelo de telefone que os jornalistas utilizam para efectuar a chamada no final.

Sobre a Leopard TechTalk de Lisboa

Novembro 9, 2007

Tendo encontrado a notícia de que Lisboa seria uma das cidades seleccionadas para a realização de uma TechTalk referente ao Leopard no Dr. MacPhil, fiquei a matutar sobre o assunto. Dessa operação mental resultaram duas dúvidas:

Em primeiro lugar, a realização deste evento – que ocorrerá apenas em dez cidades, não passando sequer por Itália – em Lisboa prova um ponto em que tenho martelado nos últimos seis meses: a Apple olha cada vez mais para o mercado português de maneira diferente em relação ao que fazia antigamente.

Em segundo lugar, tratando-se de um evento destinado exclusivamente a developers, qual o motivo para a escolha de Lisboa como uma das dez cidades escolhidas? Haverá developers para OSX em Portugal em número suficiente que justifiquem esta opção? Ou reconhecendo o meu desconhecimento: haverá mesmo algum developer em Portugal de software para Mac?

Por fim, aplaudo a escolha do Radisson. É um hotel com um lounge simpático, bom para ir beber um café e folhear gratuitamente o Financial Times ou o Diário Económico.