O estado da arte da assistência técnica Apple em Portugal

No dia 5 de Janeiro coloquei o meu Powerbook 15″ (quase, quase no final da garantia) a arranjar uma série de pequenos defeitos: ecrã com manchas, teclas com “artroses” e um gravador de CDs que cada vez que se lhe pedia algo parecia o monstro das bolachas.

Nada que evitasse uma utilização diária do computador, mas pelo sim pelo não, optei por colocá-lo a arranjar. Antes tinha tentado colocá-lo na assistência da Apple aqui em Espanha, mas é política da empresa não reparar computadores no segundo ano de garantia (um dia conto a história toda) fora do país onde foram comprados. Ora, limitei-me então a pedir um relatório detalhado com os problemas do portátil.

Assim, no dia 5 de Janeiro deixei o portátil na fnac com o referido relatório.

No dia 17 ligam-me da fnac a pedir a password de acesso ao portátil. Recusei-me e pediram-me que falasse directamente com a interlog. Liguei-lhes e voltaram a pedir-me a password. Recusei-me novamente. Ainda tiveram a lata de dizer que a culpa era da fnac, pois era política da interlog apenas reparar portáteis não protegidos por password. Porquê, pergunto eu agora. Para cuscarem dados confidenciais? Fotos, videos, mails, contas bancárias, passwords em sites de homebanking?

Tendo em conta que os problemas do portátil eram 100% de hardware, não tenho que dar pass nenhuma para correrem testes de diagnóstico.

Perguntei ao técnico se tinha recebido a folha de diagnóstico aqui de Espanha, ao que me disse que não. Lá foi falar com alguém e a dita folha apareceu. Recorde-se isto aconteceu dia 17 (ou 18) de Janeiro. Tinham a papinha toda feita com o relatório espanhol.

Sabem quando é que o computador – um portátil de trabalho – ficou pronto. Hoje. Mais de dois meses depois de ter sido colocado a arranjar! Numa palavra: I N A D M I S S I V E L!

Ainda para mais quando se está na situação de viver no estrangeiro e precisar do portátil para escrever uma tese de mestrado. Dois meses.

E a vergonha do serviço técnico é tão grande que Suas Eminências não se deram sequer ao trabalho de fornecer um relatório com a lista das peças (eventualmente, digo eu) substituídas ou problemas detectados. Nem uma mísera folha. Basicamente, é assim que tratam os clientes.

Por acaso no próximo fim-de-semana estarei em Lisboa. Estou para ver que peças foram efectivamente trocadas. Quase aposto que nenhuma. Espero estar errado.

Para ajudar à festa, perguntei aqui em Espanha quanto tempo demoraria a reparação das falhas detectadas. 2 dias. 4 se a peça tivesse de vir da Holanda (centro de distribuição europeu de peças da Apple).

Que fiz eu? Comprei um Macbook Pro aqui em Espanha e ficou o meu pai com o Powerbook.

Depois de ter estado quase três meses sem um teclado wireless e me terem pedido que lhes enviasse a bateria do Powerbook (no âmbito do programa de troca mundial) primeiro que eles depois me enviariam a de substituição, chega.

Estou farto da assistência técnica Apple em Portugal.

Explore posts in the same categories: Uncategorized

2 comentários em “O estado da arte da assistência técnica Apple em Portugal”

  1. Ricardo Says:

    Ora viva,

    Depois de ter comprado um MacBook à cerca de 1 semana e tal…e entretanto, sempre que leio algo sobre a assistência portuguesa da Apple, ou mais directamente…da Interlog…leio sempre coisas horriveis.

    Apenas me pergunto…Costumam reportar estes acontecimentos à Apple? É que tal como voce disse…é inadmissivel.

    Eu das vezes que tive problemas com importadores/representantes de marcas, nada relacionado com computadores…o que fiz foi mandar a minha indignaçao directamente à marca.

    E que tal cada um de nos tomar uma atitude? Eu neste momento nao posso reclamar da Interlog, porque realmente ainda nao chegou a minha vez…mas há-de chegar certamente…nao duvido.

    Até lá, acho que a Apple devia tomar conhecimento do que acontece em Portugal…e que realmente eles tem clientes cá…e nao podem continuar a ser tratados assim.

    Cumprimentos


  2. […] Edit: Para facilitar a vida, deixo os links para os capítulos anteriores aqui, aqui, aqui e, finalmente, aqui. […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: